-

- Queria tanto que alguém me amasse por alguma coisa que eu escrevi. #cfa.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012


 
É fácil amar o outro na mesa de bar, quando o papo é leve, o riso é farto, e o chope é gelado  [...] Difícil é amar quando o outro desaba. Quando não acredita em mais nada. E entende tudo errado. E paralisa. E se vitimiza. E perde o charme. O prazo. A identidade. E fala o tempo todo do seu drama com a mesma mágoa. Difícil amar quando o outro fica cada vez mais diferente do que habitualmente ele se mostra ou mais parecido com alguém que não aceitamos que ele esteja. Difícil é permanecer ao seu lado quando parece que todos já foram embora. Quando as cortinas se abrem e ele não vê mais ninguém na plateia. Quando até a própria alma parece haver se retirado.    (Lídia Paina)
 
 

- Eternidade *-*

.

Porque Deus jamais abandona os que confiam Nele. Esperar no Senhor é acreditar de coração que, os planos de Deus são maiores que qualquer coisa que já sonhamos. É querer muito algo e pedir pra Ele abençoar nossos planos e fazer a obra acontecer de acordo com a vontade Dele, rejeitando a nossa vontade. E o melhor de tudo é encontrar FELICIDADE em DEUS, ajoelhar e saber agradecer porque até aqui, Tua mão nos sustentou. E poder afirmar com toda certeza: O MEU DEUS NUNCA FALHARÁ!


.

- O amor tudo suporta.

- A paixão dará a eles a coragem e os meios, pois quanto mais difíceis as condições, mais doce o encontro­ ­.




                                                    (Romeu e Julieta) 


.

- Só para relembrar o que muitos esquecem ...

só se vê bem com o coração,
o essencial é invisível aos olhos.

                    
                     (O pequeno Príncipe)


 Eu concordo. E você? 

- E eu quero mais é ser FELIZ!

E de repente você analisa como tudo mudou. O quanto você mudou. E caramba, eu mudei muito.
Não o jeito de me vestir ou falar. Mas o jeito de me amar. Eu aprendi que a tristeza não é a maior fonte de inspiração que podemos ter, ela deixou de ser minha melhor amiga. E aprendi a confiar e esperar em um Deus Todo Poderoso que até aqui, me sustentou. E por quê eu não percebia tudo isso antes? Simples. Minhas atitudes não deixavam meu coração aberto a essa possibilidade. Eu ignorava todos sinais que o Senhor enviou antes. E quando a tristeza quer dominar meu coração, eu invoco a minha fortaleza: Jesus Cristo. E ele escuta minhas orações e traz alegria e vida. E quantas vezes você se ajoelha e suas lágrimas se torna sua oração?  Alegre-se. A vida é uma dádiva. É mágica. Intensa. Bem aventurados os que choram, porque serão consolados. E todos os dias, há um Deus que te ama muito e lhe dá uma nova oportunidade de sorrir e agradecer!

                                                                                                         




                     Se for preciso, mude...
                     Mas jamais desista dos sonhos de Deus para sua vida!

                                                                                                        (Jéssyca Costa) 


.

- O essencial é invisível aos olhos, acredita?

Por que será que não dizemos o que deveríamos? Por que será que não limpamos a sujeira e voltamos a ser como éramos antes? Somos diferentes. O silêncio nos incomoda tanto quanto o barulho. Não somos máquinas, menino. Não fomos feitos por máquinas. E mesmo nesta época de tantas máquinas, o essencial está nas mãos que conseguimos enlaçar, nos abraços que conseguimos dar.




Toda a beleza da música irá se esvair enquanto não conseguirmos compreender o amor em que nascemos e o amor em que haveremos de crescer. Se não enfrentarmos a nossa solidão, a música será incapaz de nos levar à tenda preparada cuidadosamente para o que virá depois.
Sozinhos, não haverá depois.
( Trecho retirado do Livro: O pequeno filósofo- Gabriel Chalita)



.

- FELIIZ 2012 (:

Última postagem? 08 de setembro de 2011.
WHAAAAAT?
Como o tempo passa depressa e a gente por descuido ou não, acaba se afastando desses pequenos detalhes que nos fazem tão bem.

Não sei se escrevo maravilhas ou não, não sei se nasci com esse dom. Tudo que sei é que escrevo cada palavra guiada pelo meu coração e isso é o que importa, né? Escrever nasceu comigo, é como um defeito de fabricação. E agora em 2012, estou de volta!  E que seja extremamente doce ! hahaha *-*




Que seja um ano abençoado para todos nós. Na verdade, já está sendo. 

Beiijooos,
Jéssyca :)


.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

- Levanta e segue em frente;






Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode prever, mas ela dispensa. Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva bóias. E se ela se afogar, se recupera. Estranho e que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é? A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas? A moça…ela muito amou, ama, amará, e muito se machuca também. Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar. Às vezes esse alguém aparece, outras vezes, não. E pra ela? Por quem ela espera? E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça – que não era Capitu, mas também têm olhos de ressaca – levanta e segue em frente. Não por ser forte, e sim pelo contrário… Por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo.
                                                     (Caio Fernando Abreu)



.

domingo, 3 de julho de 2011

- Cuide-se e be happy!

"Mas sei lá, não sei se toda essa coisa patética é mesmo necessária. Tô resolvendo umas coisas aqui viu, esses negócios de sentimentos demonstrados demais meio que estraga. Tô aqui aprendendo que nem todos dão valor ao que você pode oferecer, e acabar demonstrando afeto demais começa a encher o saco, e eu digo tudo isso da minha parte. Chega de ligações, preocupações, sentimentos demonstrados aos extremos. Vou ficar mais relax mesmo, não quer me ligar, não liga, mas também não ligarei. Não quer me ver, não me veja, mas também não sairei que nem doida atrás de você pra saber se a gente vai ser ver, que horas é o nosso encontro, não mais.








 É apenas um aviso que eu deixo bem simples: 
                         se quiser, me procura você."
                                                                                      (Caio F. Abreu)      




...
.

domingo, 26 de junho de 2011

- paaaz *-*





Estou cada vez mais bossa-nova, espiritualmente sentado 
num banquinho, com o violão no colo...










                      Deus, como eu quero paz.” 


                                                                                     ( Caio Fernando Abreu)






.